Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mães mais que [im]perfeitas

|| Desafio || O meu parto... Força de Viver

Guerreira é aquela mulher que não desiste na primeira barreira
Nem na segunda
Nem na terceira...

Angel Mancio

20500317_kwLKO.jpeg

 

 Mais uma sexta-feira e hoje temos a nossa segunda história real de um parto no qual a nossa mamã Mariana esteve entre a vida e a morte.

Aqui fica o relato real de mais um milagre!

 

 Conforme me mostraram e me deixaram dar um beijinho, levaram-na de mim

Olá mamãs, 


Vou começar a contar o meu parto, estava previsto a L. nascer a 5 outubro, mas como o parto tinha que ser de cesariana, no dia 15 setembro ia ser agendado para dia 30 setembro.
Quando pelas 23h do dia 12 me rebentaram as águas, lá fomos nós para o hospital, foi logo levada, o Dr. de serviço estava a ver se me aguentava até 8h da manhã do dia seguinte para não ter chamar de emergência as várias equipas que seriam necessárias estarem presentes na minha cesariana (complicações de coluna e não podia ser entubada), mas pelas 5:30, fez me toque e disse que não podíamos aguardar mais ou bebé nascia/sofria, lá chamou de urgência as equipas, fui levada para o bloco...às 6:26 nascia a minha L.
Conforme me mostraram e me deixaram dar um beijinho, levaram-na de mim e disseram-me que estava haver um problema "ali em baixo ", (só fiquei com a imagem daqueles grandes olhos olharem para mim que pareciam duas amêndoas!) ouço gritos a chamar o médico mais experiente, que conforme chegou começou aos gritos com as Dras. "assim não chegam lá, tiravam tudo para fora, esta perder sangue de mais, vamos perder a mãe...agarrem a mãe, induzam lhe o coma ou perdemos a mãe!!!"
Quando a anestesista me veio dizer que me tinham de por a dormir um bocadinho, para resolver o problema, conforme acaba dizer isso, não me lembro de mais nada!...
Acordaram me ao fim de 3 dias, estava eu no SO, assim que "vim a mim" lembrei-me de que tinha tido uma bebé, e comecei a perguntar por ela...só sosseguei quando me transferiram para o pé dela.
Resumindo, ao abrirem me devido a placas de endometriose agarradas a uma veia, ao mexer rompeu e não conseguiam chegar à veia para laquear, tiveram que tirar útero, intestinos, etc para fora para laquear veia, ao fazê lo tinha mais placas que rasgaram os intestinos, tiveram que chamar outros especialistas, que cortaram parte intestino, estive 5h no bloco a tentarem me salvar a vida, levei 5 unidades de sangue...isto tudo com meu marido na sala espera sem saber o que se passava...a não ser que não sabiam se a mãe ia sobreviver!
Foi chamada de mãe milagre! Fiquei no hospital mais 22 dias e levei mas 4 unidades sangue.
Felizmente quase 6 anos depois, cá estou eu para contar a história e com a minha mais que tudo!
No parto ia morrendo por ela, e hoje se necessário morro por ela!

m de milagre.png

 Um muito obrigada à Mariana pela partilha e que a vida traga tudo de bom a esta linda família!

|| As mães gostam || Purelan by Medela

Olá olá mamãs recentes e futuras mamãs - este post é para vocês - hoje venho falar-vos de um produto que usei após o nascimento do meu filho e que foi uma "lufada de ar fresco" para as minhas maminhas doridas.

 

O produto que falo é o Purelan da Medela e adorei pois nas primeiras vezes que amamentei os meus mamilos ainda muito sensiveis começaram logo a ficar doridos e gretados.

O processo de colcação é simples, basta apertar um pouco o mamilo para sair um pouco de clostro/leite e colocar o produto espalhando por toda a área do mamilo e em volta.

Fica-se quase de imediato com a sensação de que se tem uma camada de silicone pois quando seca cria uma camada que protege e hidrata o mamilo. 

O melhor?

Não necessita de se retirar o produto antes de dar mama pois o creme contém 100% de lanolina pura (cera de lã) e não possui quaisquer aditivos nem conservantes

 

Como se pode ver no site:

O creme para mamilos da Medela usa lanolina pura para ajudar a aliviar e a proteger os mamilos durante a gravidez e a amamentação. Foi dermatologicamente testado e é hipoalergénico, isento de perfume e de corantes.

purelan_tube_37g_and_7g_standing.jpg.2016-11-22-10

Sendo um produto natural também este pode ser usado no bebé caso tenha a pele seca ou assaduras.

Conheço também algumas futuras mamãs que usam ainda durante a gravidez para manterem os mamilos hidratados antes da hora H.

 

med.jpg

 

 

 

 

 

 

|| Desafio || O meu parto... O bebé milagre

No desespero e no perigo, as pessoas aprendem a acreditar no milagre. De outra forma não sobreviveriam.

Erich Remarque

 

c7a19f266fd8fc10432d48d17e8a2917.jpg

 

Que melhor maneira de começar que falando-vos da S. a bebé milagre?!

 

A nova rubrica de sexta-feira dá a conhecer às nossas leitoras as vivências de mães, pais e bebés reais - e começamos com a nossa já conhecida Gorduchita e a sua S. 

 Ouvi o seu tímido gemido e fiquei tão feliz

 

Corria o ano de 2014 quando:

 

Fui para o hospital por causa de uma perda de sangue, aterrorizada, porque estava nas 25 semanas de gestação, num sábado à tarde.
Fui internada de imediato, com indicação de repouso absoluto. Medicação para reduzir contrações (que já por ali andavam) e para ajudar ao amadurecimento dos pulmões. A coisa parecia ter acalmado e comecei a preparar-me mentalmente para uma estadia longa no hospital, em repouso.
No domingo,  final da manhã, penso eu, tudo começou a revolucionar-se. A bebé já se tinha virado, estava encaixada e pronta a sair.
Levaram-me para o bloco de partos. Mas tudo estabilizou novamente. Voltaram a levar-me para a enfermaria. 
Voltaram a levar-me, passadas umas horas, para o bloco de partos. Sempre na cama da enfermaria (para não haver movimentações desnecessárias que levassem ao parto).
Reforço da medicação para amadurecimento dos pulmões. Do que me lembro, deveria fazer 3 tomas: a 2ª cerca de 1 hora da 1ª, e a 3ª umas 6 horas depois da 2ª.
Tenho ideia que fiz a 1ª pelas 22-23h.
Uma das enfermeiras que me acompanhava, e que saiu de turno pelas 23h, achava que eu não aguentaria a bebé o suficiente para tomar a 3ª dose, que seria algures pelas 6h da manhã.

Pelas 23h, as dores das contrações começavam a ser insuportáveis (já estava medicada com analgésicos mas já não faziam grande efeito). Queixei-me. "Agora só se for epidural", disseram-me.
Seja, foi o que lhes disse. Tomei a primeira dose de epidural então pelas 23h. 

A noite foi passada o mais quieta possível, com reforços da epidural de tempos a tempos.

A tal enfermeira regressou para o turno das 8h da manhã e eu ainda lá estava. Aguentando-me (eu e a minha pequenina).

Eram 11:47 quando a minha filha nasceu, na 2ªfeira de manhã. O parto foi difícil, numa sala cheia de gente (além da parte de obstetrícia, estavam lá também profissionais da Neonatologia), mas sem o marido .
Doeu e custou, apesar da epidural (que ao fim de tantos reforços, começava a ser cada vez menos eficaz).

Por ter nascido tão cedo, tão pequenina (25 semanas, 790g, 30cm) não ma deram para a segurar. Ouvi o seu tímido gemido (e fiquei tão feliz, porque pensei que tão pequenina nem emitiria som nenhum) mas não a vi, a não ser ao fim do dia, dentro da sua incubadora, nos Cuidados Intensivos da Neonatologia.

Apesar de ter nascido o meu bem mais precioso nesse dia, aquele não foi um dia feliz.

 

|| Desafio || O meu parto

Olá mamãs, temos andado um pouco ausentes eu sei mas numa tentativa de colocar este blog a mexer gostava de vos desafiar - vá, não custa nada.

parrto-em-casa-desenho.jpg

 E aqui o que peço é que nos contem na primeira ou na segunda pessoa a vossa experiência do nascimento dos vossos filhos - sem floreados ou palavras bonitas - porque todas sabemos que dói (e muito).

 

 Enviem as vossas histórias e testemunhos para anamendes_10@hotmail.com ou maesmaisqueimperfeitas@sapo.pt esperamos por vocês e pelas vossas "aventuras".

 

Programa "Estou aqui" da PSP

Olá mamãs, mais uma época balnear a chegar e mais uma vez esta excelente iniciativa da PSP que coloca à disposição de todos os paiseducadores o programa "Estou Aqui" - as pulseiras podem ser pedidas individualmente ou pedidas para grupos.

transferir.jpg

O site onde podem encontrar o formulário para pedido da pulseira 

 https://estouaqui.mai.gov.pt/Pages/Home.htm

Sem Título.jpg

 

A ti que és mãe...

Esquece que és adulta, hoje. 

Esquece a roupa por lavar, deixa a seca no estendal, finge que não tens nada por arrumar. 

Deixa o pó acumular, a casa de banho por limpar e a louça a empilhar.

Desliga a internet, a TV ou tudo o que te rouba a atenção. 

Senta-te na varanda, no jardim ou no parque. Vai colher morangos, regar as hortaliças, andar de triciclo. Deixa a roupa ficar ainda mais suja, deixa que a água não regue só a as plantas, deixa que triciclo desça a alta velocidade. 

Vai ler uma história, enquanto inventas outra meio. 

Vai sonhar alto, cantar desafinado, contar estrelas. 

Vai ser criança. Se não te lembrares como é, pede ajuda ao teu filho, ele ensina-te. 

Header original da Mula com ilustrações de Inslee Haynes e Emily Donald

Mais sobre mim

foto do autor

Blogs Portugal

Sapos do Ano 2017

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D